Risco de nova paralisação dos caminhoneiros, entenda agora!

Caminhoneiros emitem risco de nova paralisação em 30 de Março

Para o governo, caminhoneiros no país apresentam sinais e movimentações de uma nova paralisação. Os motoristas entendem que os principais compromissos assumidos pelo governo Michel Temer para encerrar a greve dos caminhoneiros em 2018 não estão sendo cumpridos.

Monitoramentos feitos pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) apontam que teve início uma articulação por meio de mensagens de WhatsApp sobre paralisações para o dia 30 de março. O governo brasileiro teme e quer evitar, a todo custo, que qualquer tipo de paralisação aconteça. Não quer, nem de longe, imaginar que pode enfrentar o mesmo problema que parou o País no ano passado.

Na última semana, as solicitações dos motoristas foram levadas à Casa Civil: a primeira, os caminhoneiros reclamam que as empresas têm descumprido o pagamento do valor mínimo e cobram uma fiscalização mais ostensiva da ANTT; a segunda, querem que o governo estabeleça algum mecanismo para que o aumento dos combustíveis, que se baseia em dólar, seja feito só uma vez por mês, e não mais diariamente.

Em reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, Wallace Landim, o Chorão, presidente das associações Abrava e BrasCoop, que representam a classe de caminhoneiros, além de levantar as reinvidicações dos motoristas, alertou: “Não acredito que deva ocorrer greve no dia 30, mas paralisações não estão descartadas. Estamos conversando.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s