Caminhões autônomos e o futuro das entregas

Caminhões autônomos e o futuro das entregas

O mercado de tecnologia tem prometido há alguns anos tornar a ficção dos veículos autônomos realidade. A novidade é que o transporte sem motorista está bem mais próximo da realidade do que parece.

A startup TuSimple, empresa que desenvolve tecnologias para caminhões autônomos, acaba de lançar a primeira rede autônoma de cargas nos Estados Unidos. Batizado de Autonomous Freight Network (AFN), o sistema já está em operação em sete rotas no país. Os caminhões autônomos podem rodar SEM MOTORISTA.

Mais economia e eficiência

Como algo tão high-tech, custará menos aos empresários? Os caminhões autônomos seriam mais eficientes, já que não seria necessário seguir regras de descanso para os motoristas. Isso pode reduzir o custo das viagens em 33%. Mais eficiência também traduz redução do consumo de combustível. Estudo elaborado pela startup com base nos primeiros testes mostra que a tecnologia autônoma pode gerar 10% de economia em relação aos caminhões tradicionais.

E ainda, a tecnologia tornar a operação de transporte mais segura, reduzindo em até 70% a taxa de acidentes, o que poderá diminuir taxas de seguros.

Roteirização é a base da revolução autônoma

O sistema criado pela startup americana é composto por caminhões autônomos, rotas mapeadas digitalmente e terminais em locais estratégicos. Tudo é controlado por meio do aplicativo de monitoramento. O conjunto tem o objetivo de tornar a operação mais segura e eficiente.

A tecnologia base dos carros autônomos já está nas nossas mãos no Fusion DMS. O roteirizador de entregas é uma inteligência capaz de analisar a demanda do momento e através de algoritmos calcular as melhores rotas, composição e sequência de entregas de cada carga, itinerários e mais.

Além disto, as roteirizações automáticas do Fusion DMS são transformadas em geocercas inteligentes sem a necessidade de intervenção manual. E o próprio sistema é responsável por monitorar toda a frota simultaneamente, enviando alertas sobre desvios do plano, ou seja, um acompanhamento em tempo real.

Então, podem vir caminhões autônomos!

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Proudly powered by SpiceThemes