Como a logística de entregas pode driblar alta do diesel

O preço médio do diesel nos postos do Brasil nunca esteve tão caro nos últimos 20 anos. Os valores praticados pela Petrobras nas refinarias estariam defasados, em média, 13% para a gasolina e 17% para o óleo diesel. Em termos de valores, a defasagem seria de R$ 0,42 para o litro da gasolina e R$ 0,60 no de óleo diesel. Isto impacta diretamente o preço nacional dos combustíveis, o óleo diesel, que não sofreu aumento este mês, subiu 37% desde 1º de janeiro.

O frequente aumento no preço do petróleo e do óleo diesel trazem impactos diretos na cadeia de distribuição. Quando falamos em cadeia de distribuição, estamos nos referindo a todas as operações de movimentações e entregas que têm o objetivo de suprir os pontos de venda após o processo de produção.

O que repercute de modo imediato nos transportes, pois alimenta, em maior ou menor proporção, toda a produção de bens e serviços no Brasil. No primeiro caso, há contratos formais estabelecidos e a elevação já é repassada automaticamente no preço do frete. 

Mas então, como driblar o alto custo da entrega, otimizar as demandas, reduzir os custos operacionais, se manter competitivo no mercado e, ainda, manter o nível de serviço e satisfação dos clientes? Neste sentido, uma logística eficiente implica em compreender a importância de investir em tecnologia para se adequar ao mercado. Uma das alternativas para a redução de custos é implementar ferramentas tecnológicas no seu negócio. Confira algumas dicas:

Faça a manutenção preventiva das frotas

A antecipação da manutenção evita prejuízos com aquisição de peças e com veículos parados para reparos. Um olhar cuidadoso para os filtros de ar e de combustível, por exemplo, é de extrema importância para economizar diesel.

Treine os motoristas adequadamente

Uma direção correta aumenta a segurança do caminhoneiro e dos ajudantes evitando gastos desnecessários com combustível. Evitar desligar o caminhão em caso de congestionamentos, arrancar ou frear de forma brusca e calibrar corretamente os pneus são alguns princípios de direção defensiva que precisam ser praticados em todas as viagens.

Respeite a capacidade do caminhão

Se circular com o caminhão vazio é sinônimo de prejuízo, exceder sua capacidade também é. Um veículo pesado demais vai gastar mais combustível, e o peso excedente será sentido no bolso na hora de contabilizar os gastos.

O Fusion DMS como agente auxiliador  

Redução de custos e estratégia competitiva

Com a redução de custos operacionais em até 30% no suporte às indústrias, distribuidores e atacadistas, o software Fusion DMS, desenvolvido no Porto Digital (em Recife), se destaca como estratégia para a obtenção de vantagem competitiva, aumento de lucro e produtividade em meio à infraestrutura do modal rodoviário brasileiro.

Eficiência e produtividade na corrida contra o tempo das entregasO conceito DMS não só oferece redução dos custos operacionais, como também melhoria do nível de serviço. O software roteiriza e otimiza o caminho das frotas, o que gera um aumento da eficiência no trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s