Logística 4.0: Não é um diferencial, é uma obrigação!

Em um tradicional modelo de industria, a produção é feita em grande escala, com grandes quantidades de produtos.

Com isso, perceberam que a medida que a tecnologia e os sistemas de produção avançam é possível começar a focar na exigência dos consumidores, criando produtos personalizados e fabricando apenas o necessário.

A logística 4.0 opera sob as diretrizes da indústria 4.0, que usa a tecnologia para tornar a operação “smart”, criando um sistema produtivo coeso, eficiente, automatizado e de alta visibilidade. 

Para que isso se torne possível, é preciso que toda a cadeia de suprimento tenha um mesmo foco e mantenham às necessidades alinhadas.

Quais mudanças ela trouxe para o mercado?

A nova logística é projetada para se adequar aos novos tipos de consumidores, e claro, às novas tecnologias. Otimização de processos e busca de melhores resultados, são duas de suas principais razões de ser.

Utiliza-se contêineres, veículos, pallets e sistemas de transportes conectados com tecnologia inteligente que garante a criação de uma cadeia de suprimentos totalmente conectadas entre si.

Por exemplo, em um armazém inteligente o gerente da cadeia de suprimentos detecta facilmente produtos danificados com base nas condições de calor e luz. Mesmo que a recuperação dos produtos danificados não seja possível, apenas o fato de ter o conhecimento do problema, permitiria ao gerente reabastecer as mercadorias danificadas, para que não houvesse a interrupção dos fornecimentos.

A logística 4.0 se diferencia por automatizar ao máximo todas as tarefas, através de softwares e da comunicação em nuvem é possível integração e comunicação entre todos os processos e todas as pessoas envolvidas.

Disponibilizar as informações para quem precisa delas torna toda a operação mais eficiente e melhora a qualidade e o desempenho da logística.

Automatizando os processos manuais, como conferencias digitações, evita-se alguns erros que poderiam trazer muitos prejuízos no fim das contas. Além disso, economiza muito tempo dos profissionais que podem se dedicar as tarefas mais estratégicas.

Profissional 4.0

O mercado de trabalho não tem mais como principal foco o desempenho de funções repetitivas. Na realidade, as máquinas são utilizadas como apoio para soluções personalizadas e eficientes.

Independentemente da área de atuação, as inovações devem promover maior eficiência aos processos, garantindo aos negócios uma fatia maior de participação no mercado e mudando as técnicas de gestão.

Para se adaptar, é indiscutível que os profissionais sejam qualificados para a execução de atividades desse novo modelo, além de contar com os serviços de consultoria necessários para avaliar as necessidades de adaptação específicas para cada empresa e função profissional.

Se você percebeu a importância da tecnologia, isso é ótimo, porém já deixou de ser um diferencial. Hoje investir em tecnologia não é diferencial, é obrigação. É preciso, portanto, transformar-se em um profissional 4.0 para fazer parte desse contexto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s