Just in time na logística: benefícios e impactos

Just in time na logística: benefícios e impactos

Just in time (JIT) é um termo em inglês, que significa “na hora certa”. É um sistema que determina que nada deve ser produzido, transportado ou comprado antes da “hora certa”.

Um sistema de logística just in time pode ser uma ótima opção para reduzir custos e eliminar desperdícios.

No entanto, sua adoção precisa de uma análise criteriosa das características de cada empresa, de modo a garantir que sua realidade seja compatível com essa forma de gestão.

É um conceito relacionado a produção por demanda, onde primeiramente vende-se o produto para depois comprar a matéria-prima, e só depois fabricá-lo.

Então nesse sistema não existe estoque parado, porque a matéria-prima chega ao local de utilização no momento exato da produção.

5 benefícios para você implementar o modelo just in time na sua empresa

Entre muitos benefícios que uma empresa pode obter ao implantar o “JIT”, separamos 5 que merecem destaque especial. São eles:

1. Mais espaço no estoque

Como a produção acontece de acordo com a demanda, os produtos não ficam muito tempo parados no estoque, deixando de ser necessário manter um grande local.

Com o estoque mais enxuto o espaço deve ser pensado de modo que aumente a produtividade da empresa.

2. Aumento de qualidade

Como todos os processos são controlados, fica mais fácil identificar e eliminar gargalos e falhas, além de buscar pela melhoria contínua, o que contribui para um aumento expressivo da qualidade, tanto na produção quanto nas entregas.

3. Redução de custos e desperdícios

Como os materiais adquiridos serão utilizados rapidamente, os custos com operações de estoque e inventário são significativamente reduzidos, assim como os recursos e materiais utilizados na produção, já que tudo é feito sob medida.

Além disso, com o giro do estoque mais rápido, se evita que mercadorias sejam danificadas por conta do tempo de armazenamento.

4. Investimentos otimizados

Com a produção acontecendo “na hora certa”, os investimentos em matéria-prima são otimizados e mais enxutos.

A possibilidade de solicitar insumos aos fornecedores de acordo com os pedidos recebidos, tendo a certeza do retorno sobre aquele investimento, ajuda a manter o fluxo de caixa equilibrado.

5. Foco na satisfação dos clientes

É natural que, com o passar do tempo, uma empresa sinta a necessidade de alterar certos detalhes dos seus produtos, seja por conta de alguma falha ou por estratégia comercial.

Como a produção é feita em uma escala menor, existe a possibilidade de algum tipo de personalização na entrega, atendendo a expectativas mais individuais e elevando a satisfação dos clientes.

4 impactos para você pensar duas vezes antes de implementar o modelo just in time

Em contrapartida existem alguns impactos e riscos em adotar o modelo just in time. Separamos 4 exemplos, são eles:

1. Requer mudanças para implementação

Apesar de ser uma técnica considerada simples, ao adotar o “JIT” a empresa precisa repensar toda a linha de produção.

É fato que o novo modelo irá promover uma grande mudança, por essa razão, é importante repensar em todo o processo, considerando a redução de custos, mas, claro, sem comprometer a qualidade.

2. Despreparo para atender a pedidos grandes e inesperados

Repense duas vezes se o ritmo de vendas não for estável, existe o risco de a companhia enfrentar problemas em épocas de pico.

Essa é uma desvantagem que pode ser superada através da experiência dos gestores, pois, conhecendo o mercado e o comportamento do público, é possível se planejar e se preparar para épocas específicas.

3. Maior dependência de fornecedores

O just in time exige um alinhamento e comprometimento dos fornecedores. Ou seja, quanto mais parceiro e comprometido for o seu fornecedor, melhor.

Porém, é muito comum fornecedores acabarem atrasando entregas ou até mesmo entregar algo errado, se isso acontecer, todo o processo é prejudicado.

4. Exige um maior planejamento

Como a ideia central do just in time é que tudo aconteça no momento certo, sem manter grandes estoques, todo o planejamento da empresa deve ser feito considerando os pedidos recebidos.

É preciso evitar tomar decisões com base em projeções de vendas, porque segui-las envolve exatamente produzir sem ter certeza de quando aqueles itens terão saídas.

Um ponto importante aqui é que não se trata apenas de velocidade nas entregas. Mas sim, a qualidade produtiva da sua empresa, bem como otimizar seus investimentos onde realmente importa.


Isso mesmo! 50% off na primeira mensalidade para clientes fechados no mês de fevereiro ou no SMS do novo módulo contratado.

Atenção: corre que é só até dia 20/02

Deixe uma resposta

Proudly powered by SpiceThemes