KPIs logísticos

KPIs logísticos para elevar nível de serviço e processos

O uso de KPIs logísticos permite que gestores acompanhem detalhadamente o desempenho de cada processo com valores de fácil análise.

KPI é a sigla para Key Performance Indicator (Indicador Chave de Desempenho), uma ferramenta utilizada na gestão logística para avaliar o desempenho de processos.

Desta forma, o gestor logístico irá fazer análises das atividades e poderá acompanhar o desempenho do negócio, durante uma venda ou na realização de um serviço.

Os melhores KPIs são aqueles que tem acompanhamento em tempo real a partir de um dashboard com todos os dados para fornecer o processo mais fácil e permitir que os gestores façam ajustes rápidos para tomar melhores decisões.

Mas, o que significa KPIs logísticos na prática?

O KPI na prática aponta o nível de desempenho e a qualidade que um processo deve atingir. Já que é a partir dessa análise que o gestor saberá se está batendo suas metas ou se precisa mudar algo a fim de alcançar seus objetivos.

Os indicadores a serem mensurados precisam ser calculáveis para que haja um índice que gere valor para medir o seu desempenho.

O papel do KPI é acompanhar atividades como: Fluxo de trabalho, nível de estoque, troca de itens, e descartes.

O gestor, ao verificar os processos logísticos da empresa, irá utilizar informações dos KPIs para avaliar quais medidas precisam ser tomadas a fim de melhorar a performance e o rendimento do seu setor.

Também é possível usar o KPI para redesenhar um processo, criando um novo e mais eficiente, utilizando o método PDCA.

Na prática, 2 exemplos de utilização de KPIs logísticos:

1 – Loja de calçados:

Se você tem uma loja de calçados você pode usar o KPI para avaliar os seguintes processos logísticos.

  • Quantos pares de sapatos são vendidos por semana, mês ou ano;
  • Quantas entregas sua empresa recebe do seu fornecedor por semana;
  • Verificar quantos pares há no seu estoque.

2 – Loja virtual (e-commerce):

  • Analisar o número de entregas feitas em um determinado período;
  • Qual a capacidade média por caminhão que parte para as entregas;
  • Qual o tempo de um percurso diário, este KPI irá medir quanto tempo o seu motorista levou para realizar as entregas.

Entretanto, existem KPIs específicos para determinados negócios.

Portanto, além de ter KPIs específicos para o seu negócio, você pode usar KPIs de outras empresas e realizar um benchmarking, ou seja, uma análise de mercado que busca comparar a performance do seu com os dos demais negócios.

Afinal, quais são os melhores KPIs para tornar seus processos logísticos mais eficientes?

4 KPIs que aumentam o sucesso dos processos logísticos

Toda empresa tem como dever cumprir alguns objetivos básicos, são eles: reduzir custos, otimizar tempo, melhorar a produtividade a fim de garantir que os processos sejam de boa qualidade.

Sabendo que toda empresa precisa cumprir esses objetivos, existem 4 KPIs que podem ajudar nesse processo, são eles:

1 – Indicadores financeiros

Controladores de custos operacionais de instalação dos armazéns.

Exemplo: Processos de verificação do inventário, espaço utilizado e rotatividade de estoques.

2 – KPIs de produtividade

Avaliar o sucesso dos processos, medindo a produção real comparando aos recursos que foram utilizados para produzir. Com o intuito de produzir mais com menos recursos.

3 – Indicadores chave relacionados ao tempo:

Na logística, tempo é dinheiro e no armazém esse lema é levado muito a sério. Entretanto, os KPIs logísticos no armazém são, em sua maioria, porcentagens de cumprimento de prazos ou tempo de recebimento das entregas.

4 – KPIs de qualidade:

Responsável por controlar o nível de serviço por proporção de clientes. A fim de saber quais foram as entregas que foram entregues no prazo, pedidos errados, reentregas ou danificados no estoque ou transporte.

Por que os KPIs são tão importantes nos seus processos logísticos?

Com o propósito de proporcionar informações objetivas a respeito dos processos logísticos, os KPIs também ajudam os gestores a terem um controle maior sobre o negócio podendo trazer resultados surpreendentes.

Ao usar essa ferramenta você terá uma visão mais ampla sobre todos os procedimentos que ocorrem dentro do seu setor, facilitando as tomadas de decisões. As decisões se tornarão mais fáceis e assertivas.

Portanto, quando os gestores usam KPIs da maneira correta, aumentos expressivos na produtividade, satisfação do cliente, redução de gastos, erros e falhas se tornam recorrentes, gerando mais lucro para a sua empresa.

Fazer o uso de ferramentas como estas podem aumentar seus lucros em um número considerável. E então, você já adota ou vai implantar agora os KPIs na sua logística?

Deixe uma resposta Cancelar resposta