gestão de frotas

Gestão de frotas: Como criar um gerenciamento eficiente

Fazer uma gestão de frotas não é uma solução mágica para fazer o seu negócio prosperar em curto prazo, mas pode se tornar uma grande aliada, se feita de maneira eficiente.

Garantir que seus veículos tenham uma vida útil maior e que seja conservado pode se tornar uma tarefa bastante complicada se não for feita da maneira certa        

Afinal, o que é gestão de frotas?

Muitas empresas possuem automóveis como: Carros, motos e caminhões, para realizarem a parte operacional da sua logística e até mesmo para locomoção.

Entretanto, são bens ativos do seu negócio e precisam de cuidados. Não trate esse zelo como gasto e sim como investimentos, afinal todo investimento trazem lucros, não é mesmo?

Contudo, gestão de frotas é o gerenciamento dos veículos de uma empresa usados para transporte, coleta ou prestação de serviços.

Isso só é possível através da centralização de dados das manutenções dos veículos, consumo de combustível, quilometragem e rotas de condução.

Para isso, é necessário pensar em estratégias e desenvolver planos para que esses veículos possam atender a empresa com mais eficiência, reduzindo riscos e custos.

Vale lembrar que a gestão de frotas não é apenas para grandes empresas com inúmeros carros ou caminhões em suas garagens.

Nesse sentido, não há diferença entre o número de veículos e os tipos de veículos utilizados: qualquer empresa que utilize veículos (um, dois ou doze) para serviço ou entrega, por menor que seja, deve considerar como gerenciar sua frota.

Afinal, nenhuma empresa quer seus veículos atuando em más condições, não é mesmo?

Qual a importância da gestão de frotas?

Uma boa gestão de frotas pode melhorar a eficiência. Afinal, gerenciar uma frota é planejar e controlar processos com base em informações precisas.

Informações, por exemplo: Como o motorista está dirigindo, o estado do veículo, a quantidade de combustível consumida e o trajeto percorrido podem ajudá-lo a tomar melhores decisões.

A fim de, resolver problemas mais rapidamente e economizar dinheiro.

Quando o gerenciamento de frota é bem feito, é fácil ver se os processos se tornaram muito caros ou ineficientes e se todo o potencial da frota está sendo aproveitado.

Por fim, você não perde tempo, oportunidade e dinheiro.

Por que otimizar esse processo?

No mercado atual, ainda existem empresas que não perceberam as vantagens desse tipo de gestão e a sua importância.

Existem alguns pontos específicos que são melhorados com a gestão de frotas, devido à sua interface, seja ela direta ou indireta. Se sua empresa são gerencia suas frotas, seus clientes são impactados.

Por exemplo: O tempo que sua empresa leva para fazer uma entrega, se o automóvel fez manutenção ou não. Isso impacta o processo entre empresa e cliente.

Por causa da ausência de uma ação tão simples, como a manutenção do veículo, toda a cadeia de vendas do seu negócio é prejudicada.

Como criar uma gestão de frotas eficiente?

1 – Faça uma análise da sua frota.

Verifique se todos os seus veículos estão em condições de uso e se precisam de manutenção;

Faça a conta de quantos km cada veículo faz por mês e quanto ele poderia fazer;

Esteja por dentro dos gastos de combustível, manutenção e salários dos motoristas e de todos que trabalham com essa gestão;

Verifique se os motoristas estão dirigindo da maneira correta para economizar combustível;

Feito isso você irá conseguir identificar os problemas, prevê-los e pensar nas possíveis soluções.

2 – Desenvolva uma política.

É importante planejar o futuro, definir metas e fazer o possível para alcança-las.

A criação desta política requer a discussão detalhada dos serviços que sua frota fornece, juntamente com o estabelecimento de regras, como as relativas à conduta no local de trabalho e ao tratamento esperado dos clientes.

A gestão de frota visa a redução de custos. Portanto, a política é uma combinação de seleções. E sabemos que o negócio é acessível.

3 – Coloque alguns planos em prática

  • Ofereça treinamentos para os seus motoristas:

É de suma importância que seus motoristas dirijam de uma maneira defensiva, economizando combustível e evitando gastos desnecessários com multas.

São motoristas com hábitos e costumes diferentes no volante, por isso você deve sempre capacitá-los e estabelecer um padrão de condução da sua frota.

  • Roteirize suas entregas:

Com o software roteirizador da Fusion DMS, você além de garantir que sua frota não encare estradas em más condições, irá também reduzir gastos com combustíveis.

O software faz o cálculo para melhor distribuição e também é capaz de identificar o menor caminho a ser percorrido, diminuindo os riscos de desvio de mercadoria e furtos.  

Atribuir isso a sua empresa resulta em agilidade, flexibilidade e o melhor de tudo: A satisfação dos clientes.

Entenda como uma roteirização logística pode salvar seus processos logísticos.

4 – Esteja atento à legislação.

Carros de frota percorrem vários quilômetros e passam por lugares diferentes todos os dias.

Portanto, eles são mais suscetíveis à inspeção.

Nesse caso, seu papel é entender a legislação, atentar para como ela descreve a frota da empresa e atentar para a situação jurídica de cada veículo.

Se houver uma multa, não perca o prazo e pague em dia quando não puder reverter as coisas.

5 – Gerencie custos por viagem

Cada viagem é única, com características próprias e custos diferentes em relação a outras viagens, mesmo no mesmo itinerário.

Entretanto, para controlar o custo de cada corrida, além dos reparos e desgaste das peças, é necessário registrar a quilometragem percorrida, o consumo de combustível e as despesas com os pilotos (incluindo hospedagem e alimentação, se for o caso).

Principais problemas que a gestão de frotas enfrenta

Mau uso dos veículos

É importante a conscientização por parte dos motoristas a respeito da conservação dos veículos e o uso adequado dos mesmos.

Portanto, deve-se oferecer um treinamento sobre condução defensiva, direção responsável, trafegar por vias preservadas e fresar o cuidado dos veículos como se fossem seus.

Para isso, é importante que as empresas criem uma política de gestão de frotas.

Baixa produtividade

Campanhas de comunicação internas devem ser realizadas com frequência para mostrar os valores da empresa e motivar os colaboradores a se esforçarem mais e dar o seu melhor.

Então, é importante mostrar que a empresa se importa com os seus colaboradores, mostrando do que são capazes de fazer e os impulsionando. Isso irá aumentar a produtividade!

Uso pessoal dos veículos

Embora os motoristas fazem o uso dos veículos corporativos, e precisam se conscientizar a respeito do seu papel e sobre a responsabilidade ao utilizarem os veículos da empresa.

Um dos pontos a serem abordados é o uso indevido dos veículos, a falta de cuidado com eles e, principalmente, a utilização para fins pessoais.

Contribuir para a redução de custos

Controlar os custos através da manutenção, proteção e abastecimento da frota é o maior desafio dos gestores das áreas.

No entanto, os sistemas de informação fornecem uma solução para rastrear com precisão os gastos.

Ao mesmo tempo, também é viável utilizar racionalmente os recursos e melhorar a produtividade da equipe.

Como resultado, os custos são diluídos e o impacto torna-se menos significativo.

Quer ter mais controle nos seus processos logístico, ser eficiente e melhorar a qualidade de trabalho dos seus colaboradores?

Acesse agora https://site.fusiondms.com.br e faça um orçamento conosco!

Deixe uma resposta Cancelar resposta