Estradas brasileiras: Quais cuidados devo ter?

Estradas brasileiras: Quais cuidados devo ter?

Estradas brasileiras

Todas as pessoas que pegam estradas diariamente já devem ter feito essa pergunta: Quais cuidados devo tomar nas estradas? 

Qualquer pessoa que dirige por longas horas se preocupa com a sua segurança, principalmente aqueles que transportam mercadorias. 

Todo cuidado é pouco quando sua vida está em risco, não é mesmo? Trafegar pelas rodovias Brasileiras pode ser muito perigoso. 

Todos os dias é registrado acidentes, furtos de mercadorias e prejuízos em relação a danos em veículos, causado por más condições das rodovias. 

Contudo, sabemos como é difícil driblar esses desafios para garantir o sucesso no transporte dos produtos.

Por isso é preciso ter consciência e responsabilidade nas estradas, adotando os devidos cuidados para se manter seguro e as suas mercadorias. 

Afinal, ninguém quer receber seus produtos com algum dano. 

O que fazer para ter segurança nas estradas brasileiras? 

Planeje a viagem 

Fazer o planejamento da viagem é muito importante para aumentar a segurança no trabalho. Com essa simples atitude você é capaz de programar suas paradas, planejar a rota e escolher as melhores vias.

Mas, tudo isso pode se tornar uma tarefa muito fácil se você adotar o uso de um roteirizador. Portanto, seja um motorista precavido, se antecipe, defina suas paradas e por onde vai passar.

Verifique as condições dos veículos, ter esses cuidados é importante!

Fique atento e confira as condições do seu veículo! Embora muitos caminhoneiros tenham esse hábito, é necessário redobrar a atenção.

Preste atenção como estão os pneus, confira o nível de combustível e os fluidos do caminhão, mangueiras e o sistema de iluminação.

É fundamental ter uma rotina de manutenção no veículo, indo muito além de apenas uma troca de óleo, não abra mão de uma assistência especializada a fim de baratear os custos.

Não economize nessa hora, a segurança dos seus colaboradores está em jogo. Entretanto, manter a manutenção em dia ajuda a economizar evitando manutenções corretivas. 

Preste atenção e obedeça a legislação de trânsito 

É sobre muito mais que evitar multas, tomar essas atitudes é ideal para uma condução mais assertiva e promove a preservação da sua segurança e a dos demais motoristas que trafegam pelas estradas brasileiras. 

Preste atenção à sinalização e use o bom senso quando não houver sinalização.

Você certamente passará por locais e situações em que as placas não estarão visíveis, como em caso de chuva forte, nevoeiro ou vegetação densa. Nessas ocasiões é preciso agir com cautela e reduzir a velocidade, principalmente se você não conhece o lugar. 

Respeite seu tempo, descanse! 

É necessário respeitar a legislação a respeito do período de descanso ideal ao longo da jornada de trabalho. O motorista não pode dirigir por mais de 5h30 sem intervalo e precisa fazer um intervalo mínimo de 30min a cada 6h. 

Se necessário, o motorista pode ultrapassar esse prazo até encontrar um lugar seguro para descansar. No período de 24h, são asseguradas 11h de descanso por determinação da legislação. 

Entretanto, essas horas de descanso podem ser divididas, porém, o primeiro período de descanso tem que ser de 8h seguidas.

Evite parar em locais com pouca movimentação e mal sinalizado, tenha esses cuidados!

Quando parar o caminhão, esteja ciente dos riscos envolvidos e tente minimizá-los. Evite lugares desertos, já que pode se tornar um alvo fácil de criminosos. 

Em paradas de emergência, procure locais bem sinalizados, sem curvas ou estreitos. Essas características aumentam bastante o risco de acidentes nas estradas brasileiras

 O ideal é um local maior, em que possa ver e ser visto, dando tempo de os demais motoristas tomarem as devidas medidas para passar em segurança.

Não reaja em caso de assalto 

Roubos nas estradas brasileiras são cada vez mais comuns, então é importante se proteger contra isso. Entretanto, é preciso ficar atento em locais onde esse tipo de ato é mais comum, mas mesmo se você se prevenir, pode ser assaltado. 

Se isso acontecer, não reaja, pois colocar sua vida em risco para proteger bens materiais não vale a pena. O melhor é esperar até poder pedir ajuda em um lugar seguro.

Roteirizar entregas é uma opção para se proteger nas estradas brasileiras? 

Antes de tudo é preciso saber o que é roteirização de entregas, vamos lá! 

Roteirização é o processo de otimização das melhores rotas para as suas entregas. Uma roteirização bem-sucedida ajuda na organização das suas frotas e pode gerar grandes resultados, diminuindo os custos operacionais. 

Por que você deve investir em roteirização? 

A roteirização logística irá ajudar você a evitar engarrafamentos, colocando-o em trajetos mais curtos e seguros, o que diminuirá os riscos de perda de produtos. 

O roteirizador também é responsável por garantir um trabalho saudável aos seus funcionários, gerando demandas que possam ser cumpridas sem sobrecarregá-los. 

E ainda, é possível aumentar os índices de produtividade logística, impactando na redução de custos e na experiência do cliente.

Quais benefícios da roteirização logística? 

3 vantagens de implantar um roteirizador na sua empresa 

1 – Otimiza rotas, viagens e entregas 

Roteirizar é otimizar as entregas, diminuindo a distância percorrida e se baseando em diferentes indicadores logísticos. Isso resulta em uma interação mais satisfatória com a sua empresa, pois os clientes ficam satisfeitos.

Uma boa roteirização permite que entregas sejam feitas antes do prazo ou em horários diferentes, para clientes que tenham problemas com o horário de recebimento.

2 – Melhora a produtividade das entregas 

Contudo, as tarefas logísticas crescem gradualmente a cada ano, aumentando assim as demandas. 

Com a roteirização, sua equipe pode lidar com o crescimento de forma mais tranquila, sem precisar contratar mais pessoas, o que reduz os custos. 

No entanto, seguir boas práticas com o auxílio de um software de roteirização aumenta a produtividade de todos os envolvidos no processo logístico. 

Não só os profissionais responsáveis pela estratégia de roteirização dos trajetos e rotas, mas também da frota de veículos. 

3 – Planeje rotas e fuja dos engarrafamentos 

O trânsito é um dos maiores adversários da logística, com engarrafamentos podendo gerar grandes desperdícios de dinheiro.

 Em 2018, dados do G1 mostraram que o Brasil perdia cerca de R$267 bilhões anuais por conta de engarrafamentos, calculados por todos os gastos que poderiam ter renda, produtividade, lazer, estudos e bem-estar.

Quer saber mais sobre os benefícios? Bata um papo com a gente e tire suas dúvidas! 

Deixe uma resposta

Proudly powered by SpiceThemes