Arquivo da tag: ENTREGAS

Caminhão elétrico no Brasil vale a pena investir?

Com a grande alta dos índices de gases poluentes, investir em caminhões elétricos é uma boa alternativa para contribuir com o meio ambiente.

Diante dessa situação, montadoras estão fazendo o possível para se livrar dos motores a combustão até o ano X ou Y.

De um ou dois anos para cá, cidades europeias falam em aumentar a restrição aos veículos a combustão, para incentivar o uso dos veículos elétricos, porém, ainda sem uma análise mais profunda das consequências.

Desafios tecnológicos, ambientais e econômicos precisam ser vencidos para tornar viável a mobilidade elétrica.

Afinal, o que é um caminhão elétrico?

Os grandes tanques de combustíveis foram substituídos por baterias, e são delas que vem a potência bruta.

Porém, nem tudo são flores, um caminhão elétrico pode chegar a custar o dobro de um a diesel. Mas porque existe essa diferença de preço?

Além de ser uma novidade, os custos operacionais diminuem drasticamente com o caminhão elétrico, além de evitar a emissão de gases poluentes, já que com motores elétricos não há queima de combustível.

Consumo e potência

A um tempo atrás os elétricos deixavam muito a desejar nesses quesitos, mas pesquisas mostram que houve uma evolução se comparado aos caminhões tradicionais.

O consumo de energia teve uma mudança considerável e melhorou com o passar do tempo, agora, já é possível rodar muito mais e consumir menos energia.

Portanto, para os amantes dos motores a combustão e ama o ronco dos motores a diesel mais clássico, talvez, não vá gostar muito dessa novidade de “motor elétrico”.

Afinal, eles são silenciosos por não conter escapamento, por onde sai a fumaça da queima de combustível.

Qual a diferença entre o caminhão a diesel e o elétrico?

A grande diferença entre os modelos a diesel e elétricos são os preços e a autonomia.

Contudo, os caminhões a diesel costumam ser mais baratos e terem uma maior autonomia. Porém, os custos operacionais são altos, maior gasto com manutenção, além da emissão de gases poluentes no meio ambiente.

Já os elétricos, perdem no alto preço e na menor autonomia, mas ganham em ter os custos operacionais mais baixos, além de ter uma vantagem ecológica por não produzirem poluentes, o que é uma alternativa atrativa para muitos frotistas.

Vantagens e desvantagens

Como citado anteriormente, para algumas pessoas a desvantagem aos caminhões elétricos é o custo de compra muito alto, chegando a custar 2x mais caro que o preço de um caminhão tradicional.

Entretanto, existem diversas vantagens relacionadas a aquisição dos modelos elétricos, são eles:

Solução sustentável

Os motores elétricos possuem baixo impacto ao meio ambiente e são ecologicamente mais corretos que os tradicionais.

Maior possibilidade de integração com outras tecnologias

A uma maior variedade de tecnologias que podem ser agregadas aos elétricos, tendo em vista sua capacidade de modificação, através dos seus computadores de bordo, além dos rastreadores que já são obrigatórios no transporte de cargas.

Motores elétricos chegam a ter a mesma potencial que os motores a diesel

Não há motivos para não ver os elétricos como vantagem se comparado com a sua potência.

Os motores elétricos conseguem ter o mesmo desempenho que alguns tradicionais, chegando a ter 200km de autonomia.

Empresas já estão desenvolvendo testes para aperfeiçoar esses motores, deixando mais potente, podendo ficar acima de 100 cavalos de força.

Baixo custo operacional

Mesmo que o custo para aquisição seja alto, especialistas do setor de transporte afirmam que o custo operacional é reduzido em 65%. O motivo desse baixo custo é: o preço dos quilowatts por quilômetro é mais econômico que o do diesel.

Quais empresas já estão utilizando o modelo elétrico no Brasil?

Se você ainda se pergunta se vale a pena investir em caminhões elétricos e renovar suas frotas, saiba que já existem empresas brasileira que estão investindo alto em caminhões elétricos.

A Ambev contém uma frota com mais de 1.200 caminhões elétricos VWCO, outras 1.200 estão sendo negociadas com a FNM-Agrale. PepsiCo, DHL e Manlog também estão investindo nesse setor.

Existem outras opções além dos elétricos?

Ainda baseados em motores a combustão, existem dois outros combustíveis do tipo diesel que reduzem as emissões de CO2 em 85 a 90 por cento: um deles é o HVO. Entretanto, o mais comum para nós brasileiros é o biodiesel.

O biodiesel (ou Fame, éster metílicos de ácidos graxos) é um tipo de diesel que pode ser feito de diferentes fontes, como óleo de canola, óleo vegetal e óleo de cozinha usado.

No entanto, biodiesel já é comum no Brasil, usado principalmente em ônibus urbanos, e reduz em 85% a emissão de dióxido de carbono.

O óleo vegetal hidrogenado (HVO) é feito a base de óleo usado, óleo de colza, óleo de palma e gordura animal.

A maior diferença entre o biodiesel e o HVO é o processo de fabricação: o biodiesel é feito através do processo químico de transesterificação, no qual a matéria-prima reage com um álcool (geralmente metanol).

No entanto, HVO é produzido através do hidro processamento químico (HDT). A matéria-prima reage com hidrogênio sob condições controladas de temperatura e pressão. A redução de CO2 do HVO pode chegar a 90%.

Modelos Elétricos, Híbridos e Híbridos do tipo Plug-in

Aqui temos três tipos diferentes de caminhões elétricos. Primeiro, o modelo 100% elétrico, ou seja, o modelo que funciona com o motor elétrico e, claro, a bateria. No Brasil, já existem caminhões 100% elétricos, incluindo o Volkswagen e-Delivery, que está disponível em duas versões:

O e-Delivery 11 é um modelo 4×2 (2 eixos) e o e-Delivery 14 é um 6× 2. (3 eixos). JAC e BYD também oferecem caminhões 100% elétricos no Brasil.

No segmento híbrido, a Scania oferece modelos híbridos L, P e G para o mercado europeu. Simples de operar: o caminhão está equipado com um motor diesel e um motor elétrico.

Portanto, ao contrário de alguns carros, o caminhão é possível escolher qual motor vai ser usado. Em algumas situações, como ladeiras, o motor elétrico pode não ser suficiente.

Além disso, os motores a diesel podem receber o já mencionado biodiesel ou tipo de combustível HVO.

Por fim, temos os híbridos plug-in, que funcionam da mesma forma que os híbridos. A diferença é a bateria que pode ser carregada nele, assim como um caminhão 100% elétrico.

Este modelo é mais adequado para clientes que rodam na cidade, as baterias podem ser recarregadas no ponto de carga e descarga.

Quero diminuir custos operacionais, mas não consigo investir nos elétricos, o que devo fazer?

Há uma grande vantagem de investir nos elétricos, porém o retorno é em longo prazo e os impactos causados no meio ambiente é eminente, mas os elétricos podem facilitar seus processos logísticos.

Entretanto, se sua empresa ainda não é capaz de investir nos motores elétricos, saiba que há uma alternativa.

Investir em KPIs logísticos, também podem diminuir os custos operacionais e aumentar os ganhos.

A Fusion S.A também pode te ajudar a diminuir os custos operacionais.

Roteamento automático: O que é e quais os benefícios?

O que realmente diferencia uma roteirização de uma empresa à outra é a eficiência de sua operação tanto no quesito fidelização do cliente, quanto na rentabilidade dos seus processos logísticos.

Portanto, a automatização de processos é fundamental! Nas últimas duas décadas, o momento de automatizar os processos mais básicos como o envio de pedidos, faturamento e controles financeiros exigiam uma equipe enorme e causavam grande descontroles em operações maiores.

Já nesta década, o que percebemos foi uma automatização da logística de armazenagem, evitando operações manuais gigantescas e forte índice de perda de mercadorias.

Agora, estamos no momento de automatizar a gestão das entregas, que passou a ser um dos maiores centros de custo das operações.

Roteirização manual, por que devo para de usar?

Todas as atividades manuais estão sujeitas a erros, o que afeta diretamente a qualidade do serviço e o alcance dos resultados.

Todavia, o principal objetivo de uma empresa de logística é conseguir entregar o produto certo corretamente no menor tempo e com o menor custo.

Usando a roteirização manual, você pode até atingir um objetivo ou outro se as informações não forem muito precisas.

Mas afinal, o que é roteirização automática?

A roteirização automática é o planejamento das cargas que a frota irá transportar para distribuição com o auxílio de sistemas especializados.

Contudo, introduz o planejamento de rotas, montagem de cargas, conhecimento geográfico e outras funções de forma automatizada com mínima intervenção humana.

Se no roteamento “tradicional” tudo é feito manualmente, mas no roteamento automático o fator fundamental é utilizar um sistema sob medida para a função.

Quais os benefícios da roteirização automática?

Redução de custos e ganho de agilidade

O roteamento automatizado ajuda a reduzir o consumo de combustível, a fim de acelerar as entregas e reduzir os custos operacionais (desde despesas de folha de pagamento reduzidas a menos erros e retrabalho).

Sobretudo, as margens de lucro podem ser melhoradas e descontos podem ser negociados em determinadas negociações, o que não é possível quando se trabalha com alto custo.

Gestão orientada por dados

Pense primeiramente em todo o tempo gasto planejando cargas e pensando no processo de entrega de mercadorias aos clientes.

Quanto mais tempo gasto nisso, menos produtivos todos são, desde o planejamento até a execução operacional.

Com uma solução de roteamento automatizado, você pode reduzir esse tempo, com o intuito de ter uma entrega mais rápida e eficiente. Isso melhora a satisfação do cliente, melhora a reputação da empresa, aumenta a produtividade e pode aumentar a receita e a lucratividade.

Aumento da competitividade

As empresas do espaço distribuidor atacadista que usam roteamento automatizado são mais inteligentes e mais competitivas.

Eles são capazes de planejar e executar uma sequência otimizada de rotas de entrega, são capazes de analisar a disponibilidade do cliente, horas de serviço, capacidade do veículo, desempenho do motorista, etc.

Quando o roteamento automatizado é colocado em prática, são muitos os fatores que podem ser melhorados no dia a dia das operações para beneficiar a empresa.

Resumindo, roteirizar cargas e planejar embarques não é mais um “problema difícil” para uma equipe passar horas fazendo essa atividade. A automação pode evitar erros e tornar tudo mais eficiente e eficiente.

Minha empresa deve utilizar um software roteirizador?

Se o gestor logístico não tem tempo suficiente para formar todas as cargas diárias, por não utilizar “ferramentas” que auxiliem a distância entre os clientes, ou até mesmo a localização exata do cliente em um mapa. Você definitivamente deve fazer o uso da roteirização automática!

Contudo, se o colaborador responsável por formar as cargas não otimiza a frota de cargas da empresa, realizando agrupamentos lógicos com o intuito de atender todas as entregas e utilizar os veículos em sua plena capacidade. Você com certeza deve fazer o uso da roteirização automática!

Entretanto, é exatamente neste ponto que um software roteirizador traz seu primeiro grande benefício.

Ao utilizar um software roteirizador é possível manter mapas constantemente atualizados pelo Google e, processados durante a fase de implantação, a localização exata de cada cliente no mapa.

Mas não é só isto! O serviço é baseado em diretrizes de roteirização, como:

  • Clientes com janela de entrega;
  • Clientes especiais;
  • Tipos de veículos com suas Capacidades (Peso e Cubagem);
  • Áreas com restrições a tipos de veículos;
  • Tempo máximo de execução por área;
  • Número máximo de entregas.

Vantagens de utilizar o roteirizador avançado do Fusion DMS

O Fusion DMS analisa as entregas das áreas selecionadas e, mediante a disponibilidade dos veículos, forma automaticamente as cargas com a divisão das entregas, calculando inclusive a melhor sequência para realização das entregas e os trajetos (a nível de ruas) que os veículos devem percorrer durante a execução das cargas.

No entanto, o colaborador que passava horas montando uns “quebra cabeças” para encaixar todas as entregas, recebe uma visualização no mapa de todas as cargas formadas em poucos instantes, podendo realizar ajustes finos e efetivá-las em seu sistema. Desta forma, a frota passa a ser utilizada da melhor forma possível.

Em outras palavras, a solução reduz significativamente a quilometragem rodada pelos veículos durante o mês.

Como boa parte dos custos das entregas variam proporcionalmente com a quilometragem rodada, os custos baixam na mesma proporção. Outro efeito que se percebe é a utilização de menos veículos para uma demanda equivalente ou a redução do tempo de entrega para o cliente final.

Por fim, após alguns poucos meses de automatização da roteirização um outro efeito interessante surge: o aumento da eficiência comercial.

Os clientes se tornam mais fiéis e até pagam “um pouco” mais caro para terem o seu serviço. Portanto, isto tem uma explicação simples: a melhoria do nível de serviço das suas entregas permite que seu cliente final trabalhe com estoques mais baixos e reposições mais frequentes, ou seja, o seu cliente final aumenta sua eficiência operacional. Afinal, não é isto que todos os empresários estão buscando?

Se você está buscando uma melhoria dos seus processos logístico, a Fusion tem a solução ideal para você!

Faça um orçamento conosco ou agende uma apresentação e conheça mais sobre o Fusion DMS

O que é, como medir e alcançar a entrega perfeita na logística?

Já parou para pensar quais erros você deveria parar de cometar para alcançar a entrega perfeita a fim de garantir a satisfação dos seus clientes?

Para começar você deve se fazer algumas perguntas, como por exemplo:

Faço entregas roteirizadas? Consigo acompanhar minha frota de caminhões em tempo real? Consigo saber antecipadamente se teve algum erro com a pesagem do caminhão ou pedido errado?

Se a resposta para algumas dessas perguntas for não, você tem um sério problema, você pode estar deixando de vender e/ou perdendo dinheiro, mas o que realmente está em jogo aqui é a reputação da sua empresa.

Mas, o que seria a entrega perfeita?  

De início, é importante saber que a entrega ideal é composta pelos seguintes níveis:

  1. Entrega realizada 100% dentro do prazo;
  2. Na quantidade certa (taxa de preenchimento 100%);
  3. Na condição e embalagem certas;
  4. Com a documentação correta.

A entrega perfeita é o produto chegar no dia e hora certos, lugar certo e para a pessoa certa, além disso é entregar o produto com a qualidade que o cliente espera.

Contudo, para fazer isso acontecer é necessário melhorar a qualidade dos processos logísticos, com o fim de satisfazer o cliente quando a entrega é pontual e sem atrasos.

Como medir sua entrega perfeita?

A entrega perfeita é calculada a partir da eficiência das etapas de um pedido.

Devemos levar em conta dois fatores:

  • On-Time: Percentual de entregas realizadas dentro do prazo;
  • In-Full: Percentual de eficiência em todos os processos envolvidos no atendimento, ou seja, se o pedido foi entregue no local correto, completo, sem erros e de acordo com as especificações combinadas previamente.

Para calcular o pedido perfeito, você precisa dividir o número de entregas que se enquadram em todos os critérios estabelecidos acima pelo número total de entregas realizadas no período analisado. 

Para obter o percentual, basta multiplicar por 100. 

A fórmula então seria: 

Pedido perfeito = nº de entregas ÷ nº total de entregas x 100.

Por exemplo, Se em um determinado período sua empresa realizou 85 entregas, mas apenas 79 delas ocorreram no prazo e sem nenhum tipo de problema, o cálculo seria: 79÷85=0,92×100=92%. 

Ou seja, o indicador OTIF de sua empresa nesse período específico foi 92%.

Vale destacar que quanto mais próximo esse valor estiver de 100%, melhor!

Em linhas gerais, as organizações têm um índice de pedido perfeito de 90% — cerca de 10% de todos os pedidos enviados apresentam algum tipo de falha.

Isso é o que aponta a American Productivity and Quality Center (APQC), maior autoridade mundial em benchmarking, melhores práticas, melhoria de processos e desempenho e gestão do conhecimento.

E-book: Gestão logística de entregas

Entrega perfeita: os benefícios para sua empresa!

São inúmeros os benefícios dessa prática, alguns deles são: melhorias no controle operacional e estoque, prospecção de novos clientes que terão uma boa experiência com a empresa e irá repetir a compra, podendo até fazer um marketing boca a boca, tornando seu negócio ainda mais conhecido.

Contudo, não é só a satisfação do cliente que importa. Uma boa estratégia a fim de diminuir os custos deverá ser aplicada, e isso só poderá ser feito com o auxílio de tecnologias que automatizem e integrem seus processos e estratégias.

Afinal, vale a pena investir tanto para alcançar o pedido perfeito na empresa?

A resposta é sim! Garantir a entrega do produto certo e na quantidade certa diminui o risco e gera uma credibilidade alta para a sua empresa, aumentando sua reputação no mercado. Também é possível aumentar a rentabilidade do seu negócio e evitar ter estoques desequilibrados.

Está esperando o que para alavancar suas vendas e garantir o sucesso da sua empresa?

Motivos para você fazer checklists na logística de entregas

Checklists ou listas de verificação são formas de verificar etapas dos processos que a logística exige, visando evitar erros e que algumas atividades passem despercebidas. É muito importante realizar checklists na logística, pois eles permitirão maior eficiência nos processos logísticos e no manuseio de cargas perigosas, aumentando a segurança entre os colaboradores, das entregas e empresa.

Agora que você tem uma ideia do papel do checklist na logística e os benefícios que ele pode trazer, será que vale a pena agregar isso à rotina? Responderemos mais abaixo.

Afinal, qual a importância do checklist na logística?

O checklist é uma ferramenta que auxilia na busca por evitar falhas e erros, que na logística podem custar caro, aumentando os gastos do setor, que já sabemos ser o mais custoso. As listas de verificação podem auxiliar a criar processos específicos para cada motorista.

Contudo, antes de realizar as entregas, os motoristas precisam estar seguindo os protocolos de segurança que foram estabelecidos para o manuseio das cargas.

Portanto, você consegue criar uma tarefa obrigatória para os motoristas antes deles iniciarem os transportes, os fazendo seguir os requisitos de segurança e comprovação de entregas.

Mas, não é só na segurança das entregas que os checklists atuam na logística. Confira a lista completa de motivos para adotar checklists na rotina das suas entregas.

E-book: Gestão logística de entregas | Tudo o que você precisa saber sobre o assunto em um único material

3 motivos para você fazer checklists na sua logística

1 – Maior eficiência nas entregas

O checklist permitirá uma maior eficiência nas entregas. É muito importante que as empresas confiram os itens a serem entregues, se estão no peso e nas quantidades certas.

Além disso, é possível traçar a melhor rota de entrega com o intuito de maximizar sua logística e diminuir a perca de tempo.

O motorista antes de sair com as entregas deve averiguar o documento dos itens transportados, pesar o veículo e verificar a segurança da carga dentro do baú.

Contudo, seu motorista não correrá o risco de não ter todos os itens das entregas e irá aumentar as chances de o veículo não exceder o limite de peso.

2 – Maior segurança para o motorista

Ter a confiança que o transporte de cargas perigosas seja executado com sucesso faz parte de um bom checklist. Antes do seu motorista seguir com as entregas, é preciso averiguar se todos os equipamentos que irão ser utilizados estão em bom estado de uso.

Listamos 5 itens que precisam de uma atenção antes do seu motorista sair com as entregas, são eles:

  1. Documento do motorista e do veículo em dia;
  2. Pneus em bom estado de uso;
  3. Garantir que o sinto esteja bem afivelado;
  4. Verificar se todas as luzes do veículo funcionem;
  5. Olhar o óleo do motor.

Com essa simples prática, você garante a segurança do seu motorista e o sucesso das suas entregas.

3 – Melhoria nos processos operacionais da sua logística

Toda empresa quer melhorar o desempenho dos seus processos operacionais, fazer um bom checklist te ajuda nesse ponto. Uma lista de verificação permitirá fazer o acompanhamento remoto das entregas.

Conforme o final de cada entrega, um checklist terá que ser feito para garantir que o motorista seguiu a rota estabelecida e que o produto foi entregue conforme pedido.

E ainda, realizar o monitoramento à distância aumenta a segurança do seu motorista quando a carga for de alto valor.

Processos sempre mudam e é muito importante que você revisite seus checklists com o passar do tempo. Um gestor logístico deve sempre monitorar a usabilidade dessa ferramenta pelos seus colaboradores.

Portanto, se uma pessoa esquecer de fazer o uso, toda empresa irá perder! Por isso sempre é bom estar atento.

Principais erros que o não uso de checklists pode trazer na sua logística

Verificar se o estoque está em dia faz parte da sua rotina?

Esse é um dos problemas que pode prejudicar o seu negócio. Se você tiver uma grande demanda de produtos e não tiver eles em seu estoque, isto pode ser um grande problema para sua empresa.

Pedidos atrasarão e seus clientes ficarão arrasados e não é isso que você quer, não é?! Portanto, verificar sempre os estoques tem que virar parte da sua rotina.

As suas embalagens estão em bom estado?

Ninguém quer receber seu produto, amassado ou com algum dano. Impedir que isso aconteça é muito simples e você pode garantir a satisfação dos seus clientes. E cliente satisfeito é revenda garantida!

Está dando para entregar tudo no tempo certo?

Verificar o prazo das entregas e se estão sendo feitas dentro do prazo estabelecido é crucial. Entregar antes do esperado irá dar maior satisfação ao cliente. O surpreenda, positivamente, claro!

Caso contrario, eles irão perder a confiança na sua empresa e assim suas vendas diminuirão.

Sua equipe tem qualificação suficiente para cumprir as demandas?

Fazer o transporte de produtos exige certos conhecimentos, ainda mais no mundo atual onde novas tecnologias surgem e reinventam o fluxo de trabalho.

Garanta que sua equipe tenha conhecimento sobre o que está fazendo. Vale mais a pena investir tempo nos seus colaboradores do que esquentar a cabeça com problemas futuros.

Afinal, toda empresa que tem uma mudança logística precisa ser treinada, é de suma importância que todos saibam o que está acontecendo para evitar desentendimento da sua equipe que resultará em maus resultados e pouco rendimento.

Mas, e aí? Você já adota este conceito na sua empresa? O que falta para implementar uma entrega logística de sucesso na empresa?

Vamos bater um papo?
Que tal conhecer como a tecnologia pode otimizar seus processos e resultados logísticos?

5 ações que você precisa tomar agora para uma entrega mais segura!

Com a crescente insegurança nas rodovias, caminhoneiros e gestores atentam-se a diversos critérios antes da viagem. Um dos principais é como prevenir o roubo de cargas para uma entrega mais segura e eficaz.

Como sabemos, o modal rodoviário é o mais utilizado para locomover produtos e pessoas no Brasil, e é tradicionalmente utilizado para curtas distâncias.

Fazendo um paralelo com outros países do mundo, o Compare the Market, site de comparações de preços da Austrália, analisou quais são os melhores e piores países para dirigir.

Foram observados os seguintes aspectos: a qualidade das estradas, o nível de congestionamento, a proporção de despesas com carros e renda disponível, assim como os acidentes de trânsito.

O Brasil ficou em 2º lugar, com a maior taxa de mortalidade rodoviária entre as 3 nações com pior desempenho, em suma, são 16 mortes por 100 mil habitantes, segundo o painel CNT de acidentes rodoviários.

Além disso com uma alta taxa de mortalidade, o grande número de roubo de cargas assusta os brasileiros.

O roubo de cargas voltou a crescer no Brasil em 2021, foi a primeira alta dos últimos 4 anos, chegando a um prejuízo de R$ 1,27 bilhão para as empresas.

De acordo com o presidente da CNT, Vander Costa, a insegurança nas estradas é mais um item a dar fôlego à inflação brasileira.

“O elevado número de ocorrências de roubo de cargas expõe o transportador a uma situação de risco. O prejuízo decorrente tende a encarecer o serviço oferecido e o preço final dos produtos transportados, onerando, em última instância, o consumidor” confirma Vander.

Além disso, mais de 60% das transportadoras relatam já terem sido vítimas do crime. As regiões Sul e Sudeste foram apontadas como aquelas com o maior número de ocorrências.

Confira a lista de 5 ações para ter uma entrega mais segura

E na busca de um transporte de cargas mais seguro, nossa equipe elencou as melhores práticas de segurança para evitar o roubo de cargas e/ou frota:

1. Capacite o motorista

Por mais que haja todo um aparato de segurança para a frota, é o motorista que estará à frente do veículo.

É importante que ele esteja bem preparado, com um treinamento adequado para fazer uma gestão preventiva, gerando uma redução de perdas com acidentes ou avarias dutante o transporte, para alcançar o objetivo de uma entrega mais segura.

2. Trabalhe com rotas automatizadas

A roteirização automática de transporte tem como objetivo estabelecer o caminho mais eficiente e seguro a ser percorrido na entrega.

Os sistemas de rastreamento não só auxiliam a empresa a obter informações sobre a frota como podem ser muito úteis para outras questões de logística, como controle de estoque, horários de chegada, etc.

O Open SIL é um sistema de visibilidade logística que oferece o monitoramento de todas as etapas do transporte: planejamento, coleta, viagem e entrega. 

Monitora as informações da carga, reduz o tempo médio das entregas e aumenta a eficiência da cadeia logística, em um só lugar. 

3. Priorize as viagens diurnas para uma entrega mais segura

Os caminhoneiros têm maior segurança durante o dia, pois podem contar com a companhia de outros colegas de profissão, ou pelo simples fato de estarem viajando junto de outros veículos particulares.

Sendo assim, conscientize os seus motoristas a evitarem as jornadas noturnas, escalonando as viagens para operar durante o dia e descansar à noite.

4. Proteja os seus galpões

Parte dos roubos de cargas acontece no próprio galpão da transportadora, por isso é importantíssimo reforçar a sua equipe de segurança.

Além disso, instale sistemas de monitoramento por câmeras para rever os critérios de seleção do pessoal que trabalha em funções relativas ao galpão (para evitar vazamento de informações).

Podem ser boas medidas para reduzir os riscos de roubo de carga.

5. Invista em tecnologia

Graças à tecnologia e à inovação disponíveis para a gestão e o monitoramento das cargas, é possível aumentar as margens de segurança, reduzir os custos com o seguro da carga e melhorar as possibilidades de comunicação, rastreamento e interação, aumentando o potencial de sucesso durante todo o transporte.

A logística sem tecnologia faz parte do passado.

Por fim, quem ainda não está inserido no contexto da Logística 4.0, precisa se preparar para essa realidade.

Quem não o fizer, por fim, corre o risco de ver seu concorrente lhe ultrapassar.

Roteirização logística: 5 porquês de ser o sucesso das suas entregas!

A roteirização é comum na vida dos empreendedores com ou não frota própria que realizam entregas ou até mesmo pessoas que pretendem fazer uma viagem de turismo entre amigos. Nos dois casos, pesquisamos qual o melhor e mais rápido trajeto, para economizar combustível, depreciar o menos possível o veículo e garantir o sucesso da viagem!

Nos desculpe pelo trocadilho, mas planejar é o melhor caminho! 

Contudo, com o passar dos anos, o processo de roteirização tem se tornado cada vez mais prático, automático e inteligente. Conseguir a eficiência e alto nível de serviço no transporte das entregas é resultado do avanço da tecnologia das soluções de roteirização logística.

Unir boa estratégia e um software roteirizador anula todos os problemas que distribuidores e atacadistas possuem ao insistir em criar manualmente as rotas das suas entregas.   

O que é roteirização de entregas?  

Roteirização é o processo de ajuste das melhores rotas para as suas entregas. Uma  roteirização de sucesso ajuda na organização das suas frotas e irá trazer grandes resultados, pois diminuirá os custos operacionais.

Além disso, uma roteirização favorável impacta na qualidade do serviço prestado ao cliente e a sua experiência.

Atualmente, para que uma empresa se mantenha no mercado é necessário uma boa estratégia e um bom planejamento das rotas traçadas pelos seus motoristas. A vantagem competitiva depende do setor mais caro da logística: o transporte.

Afinal, por que você deve usar um roteirizador? 

Sabemos o quão difícil é transitar nas estradas brasileiras, o trânsito brasileiro nem se fala e, em grande maioria dos casos, alguns atalhos podem custar muito mais caro do que se pensa. O roteirizador irá livrar você de engarrafamentos, lhe colocando em trajetos mais curtos e, principalmente, seguros, diminuindo os riscos de perda dos produtos.

O roteirizador também é responsável por garantir um trabalho saudável aos seus funcionários, gerando demandas que possam ser cumpridas sem sobrecarrega-los.

E ainda, é possível aumentar os índices de produtividade logística, impactando na redução de custos e na experiência do cliente.

Uma roteirização de sucesso pode influenciar o setor logístico?

O setor logístico é um dos que mais tem demandas e por isso surgiu a necessidade de agregar novas práticas e investir em tecnologia para aumentar a produtividade, e evitar o desperdício de recursos.

Fazer o uso da tecnologia diminui os impactos causados pelas mudanças inesperadas no trajeto das suas entregas.

Uma má roteirização pode causar custos extras e atrasos, atrapalhando os processos logísticos.

5 vantagens de implantar uma roteirização de sucesso

Ainda está em dúvida se uma estratégia de roteirização é boa para o seu negócio? Separamos 5 benefícios para sanar suas dúvidas e te fazer buscar de vez um roteirizador para sua empresa.

1 – Otimize rotas, entregas e viagens

Roteirizar é o caminho perfeito para otimizar suas rotas.

Roteirizar é muito mais do que diminuir a distância percorrida, mas se basear em diferentes indicadores logísticos.

Também é possível garantir que grandes demandas sejam cumpridas com mais facilidade e em menos tempo, garantindo a satisfação do responsável por controlar a tecnologia.

Seus clientes ficarão satisfeitos. otimizar as entregas resulta uma interação mais satisfatória com a sua empresa.

Uma boa roteirização permite que entregas sejam feitas antes do prazo ou em horários diferentes, para clientes que tenham problemas com o horário de recebimento. Um pequeno detalhe de janela de corte que pode fazer total diferença na efetividade das entregas.

2 – Melhorar a produtividade das entregas

Tarefas logísticas crescem gradualmente todos os anos aumentando, consequentemente, as demandas.

Com a roteirização, sua equipe absorve o crescimento de uma maneira mais tranquila, sem precisar contratar mais profissionais, reduzindo gastos.

Entretanto, seguir boas práticas com o auxilio de um software roteirizador, aumenta a produtividade de todos os responsáveis pelo processo logístico.

Não só os profissionais responsáveis pela estratégia de roteirizar os trajetos e rotas, mas também com a sua frota de veículos.

Com o avanço da tecnologia e uma boa estratégia é possível aumentar a quantidade de entregas feitas em pouco tempo e com a mesma frota contratada ou própria.

3 – Planejar rotas e fugir dos engarrafamentos

Certamente o trânsito é um dos maiores adversários da logística. Encarar um engarrafamento pode gerar um grande desperdício de dinheiro.

Estamos falando de custos com combustíveis e manutenção dos veículos e também com a insatisfação dos seus clientes.

Em 2018 foram divulgados dados pelo G1 que o Brasil perdia cerca de R$ 267 bilhões por conta de engarrafamentos.

Esses prejuízos são calculados por todos os gastos que poderiam ter gerado renda, produtividade, lazer, estudos e bem-estar.

4 – Evitar estradas com irregularidades  

Portanto a roteirização não foca apenas em reduzir o tempo das entregas e a otimização dos indicadores logísticos, mas sim na qualidade das estradas que sua frota irá enfrentar.

Afinal um bom planejamento com ajuda de uma tecnologia adequada permite a escolha das melhores vias, para que não gerem riscos ao motorista e a sua carga, com a finalidade de garantir a segurança de ambos e o sucesso das entregas.

5 – Economizar dinheiro, combustível e tempo

Conforme o passar do tempo o combustível está cada vez mais caro. Por isso é importante ter uma otimização das suas rotas, como também encurtar a distância e economizar combustível.

Contudo para que isso aconteça, é necessário calcular alguns custos como: preço de combustível, quanto seus veículos consomem por Km e a distância que a frota irá percorrer.

Calcular manualmente tudo isso é coisa do passado, pode ocasionar erros e perca de tempo, com a ajuda de um software roteirizador você evita dor de cabeça e que esses tipos de problemas aconteçam.

Mas e aí, você já adota este conceito na sua empresa? O que falta para implementar uma roteirização de sucesso nos processos logísticos da sua empresa?

Vamos bater um papo?  
E te apresentaremos a solução mais completa do mercado: o Fusion DMS.

Gestão de canhotos: 4 dicas de como otimizar!

Comprovar que o produto foi entregue é uma forma de manter a qualidade e a segurança do serviço. Contudo a gestão de canhotos é o recurso que garante o recebimento para as transportadoras.

Realizar a gestão de canhotos é importante para controlar os pagamentos do frete para as transportadoras e verificar se foi entregue.

A área de entregas de uma empresa é muito movimentada porque a rotina exige muito esforço, mas agora imagine quantas entregas são feitas por dia, checar e gerenciar manualmente tudo isso demanda muito tempo e trabalho.

Conforme o passar do tempo esse processo se automatizou, tornou-se mais prático, com menos custos, e mais ágil, facilitando a gestão.

Por que é tão importante a gestão de canhotos?

O canhoto é o documento responsável por registrar que o produto foi entregue. Se uma mercadoria foi entregue, e o cliente dizer que não recebeu seu produto, a empresa irá verificar quem assinou o canhoto.

Se o recibo não for encontrado, será difícil comprovar que a entrega foi feita, trazendo prejuízo à empresa.

No processo de transporte, realizar o monitoramento das entregas é essencial para acompanhar todos os passos e garantir que ela será feita com máxima segurança e eficiência.

Uma atividade importante nesse processo é a confirmação da entrega, que pode ser feita a partir do registro canhoto que o entregador deixou.

Afinal como ter uma gestão de canhotos eficiente?

Preparamos algumas dicas aqui neste artigo para você, mas que tal conferir um manual completo sobre gestão logística de entregas: conceitos, fundamentos, análises de mercado e as melhores práticas. Tudo em um único material.

Baixe o e-book: Gestão logística de entregas

4 dicas de como otimizar a gestão de canhotos com qualidade e eficiência

As empresas fazem diversas entregas diariamente. Considerando que cada entrega gera um canhoto, há muito papel para analisar e armazenar todos os dias.

 Contudo, organizar uma grande quantidade de canhotos impressos gera muito trabalho e ainda tem o desafio de encontrar o comprovante, se caso necessário.

Se o porte da empresa for muito grande e tiver um volume de entregas alto, é preciso contar com uma equipe exclusivamente à gestão desses papeis a fim de agilizar e diminuir o tempo gasto nessas gestões.

1- Use e abuse da tecnologia

Existe diversos softwares de gestão de entregas para tornar esse processo eficiente e mais organizado, o motorista responsável pela entrega terá que tirar uma foto do canhoto assinado no ato da entrega através do aplicativo no celular.

2- Digitalização é a estratégia para a praticidade

Digitalizar os comprovantes de entregas e armazenar por pastas, assim dará uma praticidade na hora de procurar, sem ter que gastar tempo com papeis

3- Tenha uma equipe preparada

Ter pessoas que saibam lidar com esses documentos, pois isso requer muita responsabilidade.

4- Comunicação e integração sempre foi a chave

Tentar sempre manter contato com os motoristas, a fim de se precaver, perguntando qual a situação das entregas e se o mesmo já finalizou.

Ter uma gestão de canhotos eficiente impede de gerar problemas logísticos, evitando dores de cabeça, menos trabalho e perca de tempo.

Com essas dicas os comprovantes físicos deixarão de ser uma preocupação para a sua equipe, que ficará livre para o que realmente importa: a sua estratégia de negócios!



9 qualidades que todo líder de logística deve ter!

Você já parou para pensar nos diferenciais de um gestor logístico? E as qualidades de um líder de sucesso, você sabe?

Em um mercado cada vez mais competitivo e repleto de soluções inovadoras, é preciso desenvolver algumas habilidades e hábitos essenciais para se destacar na profissão.

O que faz um líder de logística?

Para começar devemos entender um pouco daquilo que é responsabilidade do profissional da logística.

O gestor é responsável por controlar o estoque e o armazenamento, fazer o planejamento de toda a movimentação dos produtos seja lá qual for.

Entre fábricas e os centros de distribuição, até a entrega final. E por fim, realizar o acompanhamento do transporte.

Além disso, o gestor logístico também é responsável por ver quais as rotas que os entregadores irão seguir, escolhendo rotas mais inteligentes, com ajuda de softwares para reduzir os custos da operação.


Agora que você já sabe algumas das responsabilidades da logística, vamos saber se você tem o perfil que o setor logístico exige no mercado.

Por isso, destacamos algumas qualidades para você ser um grande líder de sucesso na logística.

9 qualidades que todo líder de sucesso deve ter

O desenvolvimento profissional significa dar passos positivos para melhorar suas habilidades e seus conhecimentos. E então, alcançar o patamar do gestor logístico de sucesso.

Afinal, o ensino e capacitação são cada vez mais valorizados, quem não agrega conhecimento a si mesmo tende a ficar para trás.

Então vamos as 9 qualidades que todo profissional de logística deve ter.

1. Ser flexível

Ter disponibilidade para trabalhar em horários alternativos, encarar as interrupções e mudanças na sua rotina, trabalhar com pessoas diferentes, além disso, conhecer novas possibilidade de carreira e entender a dinâmica dos outros setores da empresa.

2. Ter conhecimento em tecnologia

Não precisa saber de tudo do assunto, precisa saber do que o mercado pede, mas que seja funcional, pois irá trabalhar com softwares, banco de dados e sistemas operacionais.

3. Saber falar inglês

Saber falar outro idioma agrega muito ao seu perfil, por isso dominar outra linguagem pode ser um diferencial na hora de negociar com os clientes e fornecedores de outros países.

4. Ter facilidade em fazer cálculos

Vamos com calma, você não precisa ser mestre em calcular, mas também não pode se embaralhar com os números, pois cálculos e raciocínio lógico fazem parte do dia a dia de quem trabalha na área.

5. Ser organizado

Essa é uma qualidade muito importante para a logística e também para as outras áreas, ser organizado resulta em melhores resultados e garante que o seu trabalho saia como esperado.

6. Ser proativo

Sem dúvidas essa é uma qualidade de grande importância para ter atitudes em solucionar problemas e imprevistos, além de somar para melhorias dentro da empresa.

Um bom profissional deve estar sempre de olho no mercado para propor melhorias e inovações na área em que trabalha.

7. Ser calmo

Coisas inesperadas podem acontecer e por isso é importante ser calmo para não tomar nenhuma atitude precipitada e cair os resultados da empresa.

8. Ser atencioso

Estar atento em quais decisões tomar, prestar atenção nos detalhes e o que fazer diante de situações difíceis é muito importante para obter bons resultados.

Por fim e não menos importante, gostar de aprender é uma das qualidades fundamentais.

Pois você terá que entender como funciona os negócios dos clientes, aprender a lidar com diferentes nichos do mercado também é de grande importância.

O mercado logístico está sempre se reinventado, por isso é sempre bom estudar as tendências para se tornar um líder de sucesso!

Fusion S.A. de cara nova, um novo momento da nossa identidade!

Nstech e Fusion reforçam posicionamento como ecossistema de tecnologia para logística e mobilidade do Brasil e América Latina.

Atenta ao futuro digital do transporte de cargas e passageiros, a companhia passa a assinar as marcas de empresas do grupo

Juliana Tubino, CEO da nstech. Crédito da imagem Vivian Koblinsky – Divulgação nstech

Planejando um crescimento de mais de 20% em receita este ano, antes de mais nada, a nstech anuncia a integração das marcas do grupo e reforça o seu posicionamento como um ecossistema de tecnologia conectado.

O propósito é sempre melhorar o mundo através da inovação para logística e mobilidade no Brasil e na América Latina. A companhia estará ainda mais centrada na resolução das dores de negócios atuais e futuras de todos os elos da cadeia.

A partir de agora, a Fusion e outras empresas do grupo passam a ter o endosso da companhia.

Em outras palavras, a alteração visual tem como objetivo proporcionar um entendimento mais claro sobre o ecossistema ao qual as marcas estão inseridas.

Palavras da CEO, Juliana Tubino

“As empresas passaram a receber a assinatura de forma direta com a aplicação da marca “by nstech“ em todos os materiais como site, campanhas, posts, materiais, etc.

Acreditamos que o futuro da tecnologia e dos negócios pertence a quem investe em um ambiente colaborativo, inovador e sólido”, explica Juliana, CEO da nstech.

A integração reforça o intuito de oferecer soluções de tecnologia completas e modulares. “A nstech nasceu com a finalidade de revolucionar a logística no país e trazer uma solução mais integrada entre as empresas. Nosso objetivo é gerar mais e mais valor para os negócios dos nossos clientes. E parte disso vem de potencializar agilidade nas entregas, do impacto positivo na sociedade, reduzindo a emissão de CO2, além de ganhos coletivos com a redução de acidentes e roubos”, pontua Juliana Tubino.

Oportunidades

Com mais de 3 mil colaboradores, a nstech é uma empresa reconhecida como consolidada, líder e desejada entre profissionais da área.

Na contramão de empresas tech, que por outro lado estão reduzindo times, a companhia pretende oferecer mais de 350 oportunidades, até o final de 2022.

“Somos uma empresa inovadora que impacta positivamente o setor de tecnologia para mobilidade e logística. No nosso ecossistema contamos com empresas líderes que agregam valores para todos os elos da cadeia.”

“E isso só é possível porque temos times excepcionais e uma cultura de marca forte que é vivida todos os dias, de forma orgânica, pelos nossos colaboradores. E vem muito mais pela frente!”, destaca Juliana Tubino.

Fusion S.A. by nstech: nossa nova identidade de marca

Nova identidade de marca Fusion com endosso nstech

Com o objetivo de fortalecer o nosso posicionamento como ecosistema conectado de tecnologia para logística e mobilidade, algumas empresas passam a ter uma nova marca, com endosso da nstech.

E este endosso tem como características a simplicidade, pluralidade e a clara visão de potente ecossistema.

A partir do uso da assinatura by nstech, é possível deixar claro o entendimento sobre o ecossistema que a Fusion S.A. está inserido. Afinal de contas, #somosnstech!

Sobre a nstech

A nstech, ecossistema conectado de tecnologia para logística e mobilidade, na qual a Fusion está inserida, é centrada na resolução das dores de negócios atuais e futuras de todos os elos da cadeia.

Oferece soluções de tecnologia completas e modulares para que os clientes possam evoluir seus negócios, fazerem entregas eficientes e impactar a sociedade ao reduzir a emissão de CO2, acidentes e roubos, entre outros.

Por fim, o ecossistema já conta com mais de 45 mil clientes ativos, seu banco de dados reúne 2,1 milhões de motoristas, o maior do Brasil. Além do Brasil, a nstech está presente em México, Colômbia, Peru, além disso, Equador, Angola e Bolívia.

Sazonalidade junina: use a favor da sua distribuição e venda mais!

A festa junina é sem dúvidas uma comemoração extremamente lucrativa para grandes e pequenas empresas. Mesmo sendo uma festa que acontece uma vez por ano, é bastante convidativa para o bom investimento e o ótimo retorno, desde que tudo tenha sido planejado. Por isso: use a sazonalidade junina a favor da sua distribuição!

Existe todo um apreço por essa festa, tanto pelo lado de quem proporciona produtos do cardápio junino, quanto pelo lado de quem os compra.

As marcas investem pesado na diversidade das mercadorias. Amendoins, milho, coco, rapadura, tapioca, cuscuz, assim como bebidas quentes são alguns exemplos de alimentos que fazem mais sucesso nessa época ano. 

O aumento das vendas e do consumo nesse período do ano é claro. Segundo pesquisa realizada pela Conecta, encomendada pela Abicab, o amendoim é o nut preferido de 45% dos brasileiros.

Ainda mais o levantamento indicou que os tipos de produtos mais consumidos são a paçoca (69%), o amendoim japonês (59%), o amendoim sem pele (55%) e o pé de moleque (52%).

Contudo, a sazonalidade citada no início pode ser bastante positiva nessa época junina/julina.

É hora de tirar grandes proveitos e aumentar as vendas exponencialmente, momento em que as empresas podem elevar o faturamento.

Se a logística de entregas for bem planejada, o sucesso é garantido!

Um bom gestor logístico que disponibilize todos os seus recursos e tecnologias com o objetivo de suportar a sua demanda, será de extrema importância para o alcance das metas e números traçados por sua empresa, principalmente, neste período pandêmico.

E-book: Da venda à entrega: como tornar seus processos mais ágeis e confiáveis

Como atender às grandes demandas da sazonalidade junina? O Head de Platform BU nstech responde!

Mas então, como preparar a logística para atender com excelência este período sem que se torne um momento traumático para sua empresa que vende, e, muito menos para seus clientes? Já que todos nós sabemos que a entrega é o melhor pós-venda.


Emílio Saad, Head de platform BU na Nstech, ilustra como utilizar a sazonalidade e as variações de venda ao seu favor. E todos os benefícios em agilidade, automação, eficiência e redução de custos que o roteirizador traz em momentos de variações de vendas.

conteúdo sobre logística, tecnologia e transporte de entregas